terça-feira, dezembro 18, 2007

pseudo-ciência

Aqui e ali, a pouco a pouco, a ciência vai degenerando em pseudo-ciência, qual lepra tenebrosa que corroie a face e a alma da ciência. O falhanço das teorias fundamentais, que se mostram incapazes de prever ou explicar os resultados das observações que se fazem em áreas importantes, abriu a porta da oportunidade a alguns pseudo-cientistas, alimentados pelos media e por interesses políticos e económicos. Serão uma minoria, mas são suas as mãos que recebem dinheiro e poder e são, portanto, suas as mãos que comandam em vários domínios da Ciência.

Para que não pensem que isto são palavras ocas, aqui vos deixo uma entrevista do Rui Moura que mão amiga me enviou. Muito interessante e esclarecedora.

(a conversa do Jorge segue já já a seguir, não se impacientem)

Alf

5 comentários:

Range-o-Dente disse...

Valerá também a pena seguir estes links:

http://mitos-climaticos.blogspot.com/2007/12/apresentao-de-bob-carter_07.html

.

Diogo disse...

Muito bom link, meu caro Alf.

O blog do Rui Moura está linkado em lugar de destaque no meu blogue.
.

alf disse...

Eu tenho acompanhado, pontualmente mas com muito interesse, o blog do Rui Moura; mas achei esta entrevista particularmente interessante porque ele chama aqui "os bois pelo nome" e isso é muito importante, pois sem esclarecer o que está por detrás disto as pessoas não vão deixar de acreditar em entidades "respeitáveis" com base em argumentos que só especialistas podem discutir.

(e está visto que os especialistas não existem... quando vejo supostos especialistas a dizerem que aquecimento global significa secas e ondas de calor quando é exactamente o contrário!!!)

Feitixeira disse...

E eu que acreditava no aquecimento global... nem sei o que pensar! Fiquei com uma dúvida... então e o "buraco" na camada de ozono?

Beijinhos arrefecidos***

alf disse...

feitixeira

Tenho aí muitos posts sobre o aquecimento global... fenómeno muito importante por várias razões - revela a importância do Sol, revela que a Física tem um erro fundamental, revela a desonestidade ou ignorância das pessoas com responsabilidade na Ciência.

O buraco de ozono também é uma boa piada... é algo que só se começou a medir há poucos anos e que, naturalmente, dependerá da intensidade da radiação solar. Como esta está a diminuir desde há perto de meio de século, as medidas do ozono veem este a diminuir.

O Ozono reflete a muito curto prazo a intensidade da radiação solar; o clima reflecte com um atrazo de duas ou três décadas devido à inércia térmica do sistema climático. Por isso é que só recentemente entramos no arrefecimento global, embora os media continuem a falar do aquecimento global

Por último, a acção da Humanidade sobre o clima global é irrelevante.

Já andaste de avião? Lá de cima consegues perceber que existem humanos na Terra? Dificilmente, não é? Ora aí tens uma perspectiva da importância dos humanos à escala do planeta...